segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Um pouco da História dos Videogames



Nos anos 80 era proibida, devido à legislação, a importação de equipamentos eletrônicos em geral, principalmente os da área de informática. Videogames estavam incluídos nisto. Só seria possível fabrica-los aqui e por empresas brasileiras. Isto era uma forma de incentivar a indústria eletrônica nacional a se desenvolver.
O conjunto de leis, atos normativos e os dispositivos legais que regulamentavam essa prática foram denominados “Reserva de Mercado”. É devido a essa legislação existente à época que se desenvolveu a indústria nacional de videogames. Antes de o videogame explodir no Brasil nos anos de 1983 e 1984 já existia um grande número de videogames importados dos EUA. O Atari foi lançado lá em 1977 e pouco depois começou a aparecer por aqui. O auge dessas importações ocorreu entre 1981 e 1982.
Os consoles foram importados, convertidos para o sistema brasileiro de cor, o PAL-M, e colocados à venda. Duas empresas, as quais foram as pioneiras, começaram a fabricar cartuchos nacionais para o Atari. A Canal 3 Indústria & Comércio e a Dynacom Eletrônica. Em 1983 foi o ano do início da febre dos videogames aqui no Brasil. As empresas começaram a fabricação dos aparelhos. A primeira grande indústria foi a Philips, com o videogame Odyssey, em Maio de 1983. Entretanto, o primeiro videogame com o hardware compatível com o Atari lançado foi o Top Game, da Bit Eletrônica, em 1981. Por isso podemos considerá-lo como o primeiro videogame de fabricação nacional. A Dynacom lançou seu Dynavision em 1983. Mas o grande lançamento, do ano chamava-se Polyvox. A Polyvox, uma empresa pertencente ao grupo Gradiente, assinou um contrato com a Atari Corp. dos EUA, para a distribuição oficial do Atari 2600 Video Computer System no Brasil. Contrato com toda a estrutura de uma empresa de porte, a Polyvox, fez uma grande campanha publicitária, e lançou em agosto de 1983 o tão esperado Atari 2600 VCS nacional. Junto com ele vieram também 28 cartuchos, todos da Atari, com caixa, manual e acabamento impecável, como os norte-americanos


Atari 2600
.
E ainda considerando que não existiam somente consoles compatíveis com o Atari, existiam o Odyssey, da Philips, o Intellivision da Digiplay/Sharp e o Splicevision da Splice, porém o Atari era o mais vendido no Brasil. Outros consoles foram lançados a partir de 1984, como o CCE, Dismac, Dactar, Dynavision, Game Boy e Sega Game.
Exatamente no dia 9 de setembro de 1995, foi lançado o maior videogame da história. Neste dia nascia o PlayStation da Sony. Depois do PlayStation 1 vieram os seus sucessores PlayStation 2  e 3. No ano de 2000 chega o mais moderno videogame da época o Xbox da Microsoft, com um drive óptico do tipo DVD-9 dual layer, com a capacidade de memória do sistema em 64MB,competindo diretamente com o PlayStation 1. Mais tarde a Microsoft lançaria o Xbox 360. Em 2001 surgiu novamente a Nintendo com o Game Boy Advance (Game Cube), e mais tarde o seu sucessor Nintendo Wii.

0 comentários:

Postar um comentário